Terramoto de Van, Turquia, 2011/12


A 23 de Outubro de 2011, Van (mais conhecido por “paraíso na terra”), cidade a este da Turquia, sofreu um forte terramoto. Os Médicos Sem Fronteiras (MSF) foram a primeira organização a entrar no território e a fazer a levantamento das necessidades.
Ao nível médico, o Governo de direita Turco conseguia responder á população, e ao nível da saúde mental, também havia um plano de emergência pré-definido. O que não estava ainda definido era o tipo de apoio prestado aos habitantes das vilas periféricas de Van, pois são vilas maioritariamente de origem Curda, e por isso estavam longe dos interesses do Governo.
Após árduas argumentações com o Governo, ficou decidido que os MSF poderiam intervir junto das vilas com um programa de saúde mental. O programa assentava em três pilares fundamentais:
▪ Que os MSF promovessem o apoio psicológico aos aldeões afectados pelo terramoto (depois de levantamento das necessidades, elegeram-se 31 vilas afectadas);
▪ Que os MSF promovessem o apoio psicológico aos refugiados sediados no centro da cidade (não reconhecidos pelo Governo);
▪ Que os MSF promovessem o apoio psicológico ao próprio staff médico integrado nas actividades do Ministério da Saúde (sendo que só assim conseguiríamos atingir alguma sustentabilidade nas nossas actividades e especialmente nas prestação de serviços médicos das vítimas).

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *